Caprinos e Ovinos

Ovinocultura de corte: Novo grupo da ATeG Ovinocultura de Corte inicia em Xaxim

Programa de Assistência Técnica e Gerencial do SENAR/SC contribui para fortalecer a cadeia produtiva no Estado


Publicado em: 19/11/2021 às 13:20hs

Ovinocultura de corte: Novo grupo da ATeG Ovinocultura de Corte inicia em Xaxim

Um novo grupo formado por aproximadamente 30 ovinocultores de corte iniciou no Projeto de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), na última semana em Lajeado Grande, oeste catarinense. A iniciativa é do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (FAESC), e do Sindicato dos Produtores Rurais de Xaxim, em parceria com o Sebrae e Prefeitura de Lajeado Grande. 

O evento de mobilização contou com a presença do presidente do Sindicato Rural de Xaxim Enor Cenci, do prefeito de Lajeado Grande Anderson Elias Bianchi, da supervisora regional do SENAR/SC Grasiane Viêra, do supervisor técnico da ATeG Leandro Simioni, do gestor estadual do agro do Sebrae/SC Enio Albérto Parmeggiani, entre outras lideranças. 

Segundo Grasiane, as expectativas para as atividades são as melhores. “Diversos produtores de ovelha de corte da região já tiveram a oportunidade de inovar e obter expressivos resultados em produtividade e renda. Tudo indica que esse será mais um grupo de sucesso”.  

Ao ingressar na ATeG, o produtor conta com acompanhamento de um técnico que, no aspecto gestão, auxilia o produtor a levantar os dados gerenciais da propriedade, analisar indicadores de desempenho e identificar gargalos e melhorias a serem implementadas para obter maior produtividade e lucro. O programa também conta com oficinas, seminários e dias de campo. Já, no manejo, a ATeG trabalha questões como: nutrição, sanidade, boas práticas agropecuárias, adubação e manejo de pastagens, planejamento forrageiro, manejo reprodutivo, cuidados com cordeiros e creep feeding - sistema utilizado para aumentar o ganho de peso dos cordeiros. 

ATEG OVINOCULTURA NO ESTADO 

A coordenadora estadual da ATeG em Santa Catarina, Paula Araújo Dias Coimbra Nunes, explica que o programa atualmente atende 14 grupos, totalizando 426 ovinocultores em parceria com os Sindicatos Rurais do Estado. “A iniciativa oportuniza acompanhar a produção, auxiliar os produtores no trabalho de campo e orientá-los no gerenciamento das atividades e na gestão dos negócios. Tudo isso vem sendo cumprido com êxito”. 

O superintendente do SENAR/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, complementa que, desde que surgiu em 2016, a ATeG já atendeu 704 ovinocultores no Estado. “O projeto deu tão certo que hoje percebemos, nas propriedades, uma gestão mais eficiente com resultados que revelam evolução significativa na gestão, no manejo, em sanidade, em produtividade, entre outros aspectos. 

O presidente do Sistema FAESC/SENAR-SC, José Zeferino Pedrozo, realça que há excelentes potenciais de desenvolvimento, pois faltam produtos para atender a demanda no Brasil.  “Temos boas oportunidades de mercado para o segmento e nosso objetivo é ampliar ainda mais o atendimento com a formação de novos grupos para que a atividade continue em expansão. Já somos referência em vários segmentos e não temos dúvidas de que a cadeia produtiva da ovinocultura de corte terá um crescimento surpreendente nos próximos anos”. 

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

◄ Leia outras notícias