Bovinos Leite

Registros na raça Holandesa no Rio Grande do Sul apresentam alta de 16,32% no ano de 2021

Trabalho técnico realizado pela Gadolando também garantiu aumento de sócios e em outros serviços como a classificação linear


Publicado em: 28/01/2022 às 08:20hs

Registros na raça Holandesa no Rio Grande do Sul apresentam alta de 16,32% no ano de 2021

O número de registros da raça Holandesa no Rio Grande do Sul em 2021 alcançou 9,33 mil animais, número 16,32% acima do que foi o ano de 2020, que tinha sido de 8,02 mil registros. O número é da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando), responsável pelo serviço na raça no Estado gaúcho. Além disso, a entidade também teve um incremento no número de associados ao longo do ano passado.

De acordo com o presidente da Gadolando, Marcos Tang, a ação faz parte do foco técnico que foi dado na atual gestão e que mesmo no momento atual, com a pandemia causada pela Covid-19, a associação trabalhou forte na conscientização do produtor fazendo sua representação. "Mesmo nesta pandemia tivemos o recorde de novos sócios, o que é algo muito difícil. Mas quero enaltecer também os sócios que continuaram fazendo registros. Eles são tão importantes quanto os novos sócios, que mantiveram a realização de serviços com a gente", observa.

Para chegar a este resultado, a equipe técnica da Gadolando, liderada pelo superintendente técnico da entidade, José Luiz Rigon, realizou visitas à diversas propriedades em todo o Rio Grande do Sul orientando criadores sobre temas como o registro, controle leiteiro e classificação linear. No total foram cerca de 70 locais visitados, resultando também em 2,22 mil classificações lineares, alta de 166,39% em relação à 2020, com 833 classificações.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul (Gadolando)

◄ Leia outras notícias