Certificação

Expo Dubai 2020: FAMBRAS marca presença para consolidar o Halal como estilo de vida

De acordo com o vice-presidente da certificadora, Ali Zoghbi, evento será uma oportunidade para consolidar o Brasil como um dos principais exportadores deste mercado; fomentar o turismo Halal no Brasil; apresentar o sistema Sys Halal, uma inovação; e apresentar projetos em diferentes áreas, especialmente os que privilegiam a tolerância e a inclusão, além da sustentabilidade


Publicado em: 01/10/2021 às 08:40hs

Expo Dubai 2020: FAMBRAS marca presença para consolidar o Halal como estilo de vida
Foto: foto-Karim-SAHIB-AFP

A FAMBRAS Halal – primeira certificadora Halal do Brasil – já garantiu sua presença na Expo 2020, exposição que acontecerá em Dubai, do dia 1º de outubro a 31 de março de 2022. De acordo com Ali Zoghbi, vice-presidente da FAMBRAS Halal – a primeira certificadora Halal do Brasil, em atividade desde 1970 – é uma oportunidade de consolidar o Halal como estilo de vida.

“Halal é um padrão ético e moral de ações lícitas não só na alimentação, mas também no ambiente social, na conduta, na Justiça, nas vestimentas e nas finanças”, lembra Zoghbi. “Vem atraindo não só os 1,9 bilhão de muçulmanos pelo mundo, mas todos os que buscam o consumo consciente como estilo de vida”.

A FAMBRAS Halal, de acordo com Zoghbi, não poderia ficar de fora de um evento de tamanha importância. “Primeiramente, é uma forma de consolidar a posição do Brasil como um dos principais exportadores de Halal do mundo”. O principal produto exportado pelo Brasil é o frango Halal – o país ocupa o topo do ranking de exportadores deste item em especial. De acordo com a ABPA, Associação Brasileira de Proteína Animal, 40% do frango exportado pelo Brasil é Halal.

Para trazer ainda mais credibilidade e confiabilidade aos produtos Halal brasileiros, a FAMBRAS Halal desenvolveu um sistema inovador, o Sys Halal, que será apresentado durante a exposição. “O Sys Halal pode ser acessado em qualquer dispositivo com acesso à internet – computadores, tablets ou smartphones. É composto por três módulos: Certificação, Gestão e Controladoria e Rastreabilidade de Produtos – este último, uma facilidade especialmente para acreditadoras e consumidores finais. Eles poderão fazer a leitura do QR Code de um produto com certificação Halal e, desta forma, ter acesso às informações sobre o item em todas as fases produtivas – além de verificar a autenticidade do certificado Halal”, explica o vice-presidente.

De acordo com Zoghbi, o Sys Halal não vem beneficiando apenas as empresas – cujos produtos passaram a ter mais valor no mercado mundial – ou os consumidores finais, que sabem exatamente o que estão consumindo, com total transparência e segurança. “Ganha todo o sistema brasileiro, que contará com mais confiança das acreditadoras e consumidores de todo mundo – o que fortalecerá a economia nacional e fomentará a geração de empregos”, destaca.  

Turismo Halal e projetos na pauta – Ali Zoghbi destaca, ainda que o evento será de extrema importância para desenvolver o turismo Halal no Brasil – uma demanda que vem contando com o apoio da FAMBRAS. “Nosso país tem um enorme potencial para o turismo Halal. A Câmara de Comércio Árabe Brasileira divulgou, recentemente, que os árabes, por exemplo, gastam com o turismo mais que a média mundial e buscam passar as férias em locais que respeitam a sua religião e os seus preceitos. E essas adaptações – que envolvem hotéis, restaurantes, transportes e atrações de lazer, não são difíceis de implementar”, ilustra.

O vice-presidente divulgou, ainda, que o escritório da FAMBRAS em Dubai, aproveitando a presença de lideranças importantes durante o evento, vem agendando encontros para apresentar projetos em diferentes áreas – entre elas o combate à intolerância, a inclusão social e a sustentabilidade, um dos temas de maior destaque na Expo 2020.