Análise de Mercado

Custo de produção do milho em Mato Grosso cresce 30% em relação a safra passada, aponta IMEA

Dentre os insumos, os fertilizantes e corretivos foram os principais responsáveis pela alta, com uma elevação de 58,85% ante a temporada 20/21”, aponta o instituto


Publicado em: 28/01/2022 às 19:40hs

Custo de produção do milho em Mato Grosso cresce 30% em relação a safra passada, aponta IMEA

O IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária) divulgou a última estimativa para o custo de produção do milho para a safra 2021/22 e o custeio do cereal para a temporada foi consolidado em R$ 3.381,94/hectare, o que representa uma elevação de 30,92% quando comparado à safra 2020/21. “Esse incremento foi pautado, principalmente, pela alta nos insumos utilizados na cultura, que apresentaram uma valorização de 38,81% ante a safra passada. Dentre os insumos, os fertilizantes e corretivos foram os principais responsáveis pela alta, com uma elevação de 58,85% ante a temporada 20/21”, aponta o instituto.

“Esta alta está atrelada à valorização que a moeda norte-americana e os insumos sofreram no decorrer dos meses de 2021. Com isso, o foco do acompanhamento do custo de produção do milho passa a ser para a temporada 2022/23 e diante disso é importante que o produtor acompanhe as variações dos insumos e negocie ao longo do ano, sempre travando na mesma moeda, a fim de tentar se proteger desse cenário de elevação dos dispêndios”, conclui.

Fonte: Só Notícias

◄ Leia outras notícias