Outros

Equinor apresenta plano de energia eólica offshore de US$ 23 bilhões

A petrolífera estatal norueguesa Equinor pretende investir US$ 23 bilhões em projetos eólicos offshore no médio prazo, ao implementar um ambicioso plano de transição energética, esperando alcançar a neutralidade de carbono até 2050.


Publicado em: 29/04/2022 às 08:40hs

Equinor apresenta plano de energia eólica offshore de US$ 23 bilhões

O plano, que será submetido à votação consultiva dos acionistas em uma reunião no próximo mês, visa garantir que a empresa reduza as emissões líquidas operadas em todo o grupo (sem incluir a combustão de seus produtos) em 50% até 2030, alinhado com o Acordo de Paris.

No plano, a Equinor está se comprometendo com US$ 23 bilhões em despesas de capital para projetos eólicos offshore nos próximos cinco anos. Seu objetivo geral é aumentar a capacidade instalada de 12 GW para 16 GW até 2030, cinco anos antes do anunciado anteriormente.

A alocação de capital para renováveis e outras soluções de baixo carbono aumentará até 2030. A Equinor planeja que esses gastos atinjam 30% do capex bruto até 2025 e 50% até 2030, acima de uma participação de 4% em 2020.

A empresa atualmente possui capacidade eólica offshore de 0,7 GW em seu portfólio, mas está se expandindo rapidamente. Está explorando oportunidades em regiões como Europa Oriental e Ásia Oriental, onde há potencial para que as energias renováveis substituam o carvão do mix de eletricidade.

No plano de transição energética, a empresa também pretende fornecer hidrogênio para grandes clusters industriais, como aço e cimento e setores de transporte, como caminhões pesados, transporte marítimo e aviação até 2035, visando uma participação de mercado de 10% de hidrogênio limpo na Europa. Essas ambições serão realizadas por meio de um portfólio de projetos de hidrogênio centrados em clusters industriais na Noruega, noroeste da Europa continental, Reino Unido e EUA

Isso também incluirá o desenvolvimento de combustíveis de substituição para o setor marítimo, pois a Equinor possui extensa atividade marítima em todo o mundo, incluindo cerca de 175 navios fretados. O objetivo da Equinor é reduzir pela metade suas emissões marítimas na Noruega até 2030 e globalmente até 2050.

Como fornecedora de combustível para o setor marítimo, a empresa planeja aumentar a produção e o uso de combustíveis alternativos, incluindo GNL e amônia.

Fonte: Portos e Navios

◄ Leia outras notícias