Feijão e Pulses

Segunda safra: hora de plantar feijão sem medo, por Ibrafe

Na última sexta-feira, o volume de negócios foi menor do que durante toda a semana


Publicado em: 10/01/2022 às 13:10hs

Segunda safra: hora de plantar feijão sem medo, por Ibrafe

No entanto, nas lavouras não foram registrados quaisquer recuos no valor negociado dos Feijões Preto e Carioca. A base foi de R$ 280/300 para o Feijão-preto e Feijão-carioca ao redor de R$ 270/290 no Paraná e R$ 300/310 no interior de São Paulo. As referências de Minas Gerais ainda têm sido de Feijões guardados do mês de agosto, que tiveram valores reportados entre R$ 265/280.

O mercado está imprevisível agora. Raramente se viu tantos fatores que contribuem para menor oferta como neste ano. Estiagem como nunca se viu nos últimos 20 anos na Região Sul e chuvas registradas em várias localidades de Minas Gerais além do volume normal para o período.